CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA    

1. PEQUENO HISTÓRICO DO CURSO

            O Curso de Geografia foi concebido e construído a partir de condições favoráveis que intencionavam um curso de Licenciatura para a formação de professores na área de Ciências da Terra. O esforço conjunto de um determinado grupo social transformou esse sonho em realidade, fornecendo respostas aos questionamentos e as carências existentes. Os pioneiros alicerçaram os caminhos e estimularam outros profissionais o que resultou em sua institucionalização.
            Em 1965, foi encaminhada à Secretaria de Educação do Estado do Paraná a documentação que solicitava a abertura do curso de Geografia na Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de União da Vitória. Somente no ano de 1966 é que foram criados os cursos de Geografia e Letras (Licenciatura Plena de 1º ciclo) pela Lei Estadual nº 5.320, de 10/05/1966, sendo então transformados em Licenciatura Plena pelo Decreto Estadual nº 21.692 de 27/04/1970.
            Atualmente o Departamento de Geografia desenvolve inúmeros projetos na área ambiental e conta com dois grandes eventos do curso: Semana do Meio Ambiente (normalmente no mês de junho) e o Simpósio de Geografia (normalmente no mês de novembro). O intuito, nesses eventos é promover a integração entre acadêmicos, professores, pós-graduandos, comunidade em geral e palestrantes da área.
A Geografia como uma área de conhecimento, num processo de desenvolvimento histórico, veio consolidando teoricamente sua posição como uma ciência que busca conhecer e explicar as múltiplas interações entre a sociedade e a natureza. Andrade (1967) esclarece que:

Cabe a Geografia, estudando as relações entre a sociedade e a natureza, analisar a forma como a sociedade atua, criticando as técnicas e as formas sociais que melhor mantenham o equilíbrio biológico e o bem estar social. Ela é uma ciência eminentemente política, no sentido aristotélico do termo, devendo indicar caminhos à sociedade, nas formas de utilização da natureza. Daí admitirmos que a Geografia é eminentemente uma ciência social, uma ciência da sociedade. (p. 19).

Para tanto, procurarmos valorizar a prática pedagógica na sua totalidade, proporcionando uma sólida fundamentação teórica e metodológica aos acadêmicos, numa perspectiva de construção do conhecimento teórico-científico capaz de interpretar e explicar a realidade dinâmica das transformações pela qual o mundo passa, com as novas tecnologias, novos recortes de espaço e tempo, predominância do instantâneo e do simultâneo e as complexas interações entre as esferas do local e do global afetando profundamente o cotidiano das pessoas.
Dessa forma, a formação do professor investigador se faz necessária para dar conta de uma prática pedagógica que leve seus alunos a desenvolverem capacidades de aprender, refletir e criar, superando a mera reprodução de conhecimentos. Tendo em vista a complexidade e a diversidade da sociedade atual, este profissional deverá estar preparado para interagir com várias áreas, o que implica necessariamente em um estímulo a leitura interdisciplinar como pressuposto de uma formação sólida e ampla, o que por sua vez constituem-se no fundamento da reconfiguração da atuação deste profissional consoante as exigências contemporâneas que direcionam para outras dimensões, além do ensino e da pesquisa, tais como a assessoria a conservação do patrimônio histórico e ambiental, as quais são cada vez mais demandadas pela sociedade atual que busca profissionais conscientes de seu papel de cidadão.

2. HABILITAÇÃO DO CURSO
           
Habilitação: LICENCIATURA PLENA

Turno de Funcionamento: NOTURNO

Número de vagas por turno: QUARENTA (40)

Regime Acadêmico do Curso: SERIADO ANUAL

Atos de Reconhecimento: DECRETO FEDERAL Nº 74.750 DE 23 DE OUTUBRO DE 1974
                                       PUBLICAÇÃO – D.O.U. 24 DE OUTUBRO DE 1974

3. OBJETIVOS DO CURSO

a)  Instrumentalizar o acadêmico de Geografia com conhecimentos teóricos metodológicos para que na sua prática pedagógica como professor garanta aos alunos da Educação Básica o desenvolvimento de capacidades de observação, de interpretação, de análise para pensar criticamente a realidade, para melhor compreendê-la e identificar as possibilidades de transformação no sentido de superar suas contradições.
b)  Formar profissionais que sejam capazes de produzir projetos de ensino e pesquisa, bem como planos de trabalho referentes a atividades artísticas, culturais e de preservação do patrimônio histórico e ambiental.
c)  Capacitar os acadêmicos para que sejam capazes de buscar o trabalho interdisciplinar e a formação de um coletivo para aprofundar a compreensão da realidade.

Dessa maneira, tendo por pressuposto a compreensão de espaço enquanto um processo histórico e desigual e contraditório, faz-se necessário entender a realidade contemporânea, entendida como um complexo de relações que se dão em determinado lugar e em determinado momento, e que é possível de ser captada através da observação orientada pelo professor para que o aluno chegue a um entendimento do lugar onde vive de uma maneira articulada (globalizante). Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais a aprendizagem deverá ser orientada pelo princípio metodológico geral, que conduza à ação-reflexão-ação e que aponta a resolução de situações-problemas como uma das estratégias didáticas privilegiadas.

4. PROFISSÃO E PERFIL DO PROFISSIONAL
           
O graduado em Geografia deverá possuir formação para atuar como profissional da ciência geográfica, o que significa dizer que, para o desenvolvimento do perfil desejado, o projeto pedagógico deverá contemplar parâmetros de qualidade igualmente rigorosos no que concerne a estrutura, duração e tipos de atividades curriculares, bem como de abordagens propostas para a aquisição de domínio da natureza do conhecimento geográfico. Espera-se como um perfil comum a atuação ética, crítica, autônoma e criativa, respeito à pluralidade inerente aos ambientes profissionais, atuação positiva na busca de soluções de questões colocadas pela sociedade.
Também se tem como perfil específico esperado a compreensão dos elementos e processos concernentes ao meio natural e ao construído, com base nos fundamentos filosóficos, teóricos e metodológicos da geografia e a aplicação desse conhecimento na busca do desenvolvimento social; domínio e permanente aprimoramento das abordagens científicas pertinentes ao processo de produção e aplicação do conhecimento geográfico.
O graduado em Geografia deverá possuir formação para atuar como profissional da ciência geográfica, o que significa dizer que, para o desenvolvimento do perfil desejado, o projeto pedagógico deverá contemplar parâmetros de qualidade igualmente rigorosos no que concerne a estrutura, duração e tipos de atividades curriculares, bem como de abordagens propostas para a aquisição de domínio da natureza do conhecimento geográfico. Deverá também ser capaz de:
- Analisar interpretar e representar as diversas manifestações do conhecimento geográfico.
- Articular e contextualizar elementos empíricos e conceituais concernentes ao conhecimento científico.
- Interpretar as diferentes escalas espaços-temporais relacionadas a eventos e fenômeno geográfico.
- Através dos fenômenos Geográficos articularem e explicar elementos naturais e humanos.
- Planejar, propor elaborar e executar projetos de pesquisa e de extensão acadêmica no âmbito da Geografia.
- Dominar métodos e técnicas de laboratório instrumentais de campo relativa a produção e aplicação do conhecimento Geográfico.
- Dominar a língua portuguesa como forma de expressão para viabilizar a produção e a difusão do conhecimento Geográfico.
- Interpretar e elaborar mapas temáticos e outras representações gráficas e cartografia.
- Organizar e dominar os conhecimentos sobre natureza e sociedade, adequando-os ao processo ensino e aprendizagem em Geografia nos diferentes níveis de ensino.
- Planejar, elaborar, executar e analisar propostas desenvolvendo projetos do espaço urbano local e regional a partir da interpretação dos fenômenos geográficos.

O quadro a seguir apresenta os locais e as funções que o aluno estagiário do Curso de Geografia poderá desenvolver:

LOCAL

FUNÇÃO

IAP

Mapeamento, cartográfico, Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos.

Prefeitura Municipal

Recenseador, Cadastro de imóveis, Mapeamento Educação Ambiental, Setor da Agricultura, Auxiliar de trabalhos cartográficos e topográficos, Reambulador, Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos.          

DER

Auxiliar para construção e pavimentação de estrada de rodagem. Monitor de Eventos

Secretaria da Saúde

Auxiliar de Cadastro, pesquisa sobre saúde e epidemia, Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos.

INCRA

Auxiliar de Educação Ambiental, auxiliar de regularização Fundiária, Reambulador, Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos.

EMATER

Auxiliar de Educação Ambiental, Auxiliar de Cadastro e Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos.

COPEL

Auxiliar de Educação Ambiental, Auxiliar de Cadastro e auxiliar geral, Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos

SANEPAR

Auxiliar de Educação Ambiental, Auxiliar de Cadastro e auxiliar geral, Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos

Secretaria da Agricultura

Recenseador, Cadastro de imóveis, Mapeamento Educação Ambiental, Setor da Agricultura, Auxiliar de trabalhos cartográficos e topográficos, Reambulador,  Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos       

ONGS

Recenseador, Cadastro de imóveis, Mapeamento Educação Ambiental, Setor da Agricultura, Auxiliar de trabalhos cartográficos e topográficos, Reambulador, Auxiliar de Planejamento. Monitor de Eventos         

COHAPAR

Auxiliar de Educação Ambiental, Auxiliar de Cadastro e auxiliar geral, Auxiliar de Planejamento, Monitor de Eventos

5. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

5.1 COMPETÊNCIAS

- Compreender, analisar e representar os sistemas naturais;
- Analisar, e explicar as diferentes práticas e concepções concernentes ao processo de produção do espaço;
- Selecionar a linguagem científica mais adequada para tratar a informação geográfica, considerando suas características e o problema preposto;
- Avaliar representações ou tratamentos, gráficos e matemático-estatístico;
- Elaborar mapas temáticos e outras representações gráficas;
- Dominar os conteúdos básicos que são objeto de aprendizagem nos níveis fundamental e médio;

- Organizar o conhecimento espacial adequando-o ao processo de ensino-aprendizagem em geografia nos diferentes níveis de ensino.

5.2 HABILIDADES

- Identificar e explicar a dimensão geográfica presente nas diversas manifestações do conhecimento;
- Articular elementos empíricos e conceituais, concernentes ao conhecimento científico dos processos espaciais;
- Reconhecer as diferentes escalas de ocorrência e manifestação dos fatos, fenômenos e eventos geográficos;
- Planejar e realizar atividades de campo referentes à investigação geográfica;
- Dominar técnicas laboratoriais concernentes a produção e aplicação do conhecimento geográfico;
- Propor e elaborar projetos de pesquisa e executivos no âmbito de área de atuação DA Geografia;
- Utilizar os recursos da informática;
- Dominar a língua portuguesa e um idioma  estrangeiro no qual seja significativa a produção e a difusão do conhecimento geográfico;
- Trabalhar de maneira integrada e contributiva em equipes multidisciplinares.

6. MATRIZ CURRICULAR

Para Ingressantes a partir de 2011

 

DISCIPLINA

SÉRIES

 

T

*P

T

*P

T

*P

T

*P

TOTAL

 

S
É
R
I
E

Cartografia

57

15

 

 

 

 

 

 

72

Metodologia do Ensino da Geografia

57

15

 

 

 

 

 

 

72

Epistemologia da Geografia

57

15

 

 

 

 

 

 

72

Geografia da População

57

15

 

 

 

 

 

 

72

Hidrogeografia

57

15

 

 

 

 

 

 

72

Métodos e Técnicas de Pesq. Geográfica

57

15

 

 

 

 

 

 

72

Produção Textual

57

15

 

 

 

 

 

 

72

Psicologia da Educação

57

15

 

 

 

 

 

 

72

S
É
R
I
E

Cartografia

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Metodologia do Ensino da Geografia

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Biogeografia

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Climatologia

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Didática da Geografia

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Fundamentos da Geologia

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Geografia da América

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Geografia Econômica

 

 

62

10

 

 

 

 

72

Libras

 

 

62

10

 

 

 

 

72

S
É
R
I
E

Metodologia do Ensino da Geografia

 

 

 

 

98

10

 

 

108

Fundamentos da Geologia

 

 

 

 

62

10

 

 

72

Ciência do Meio Ambiente

 

 

 

 

62

10

 

 

72

Geografia Agrária

 

 

 

 

62

10

 

 

72

Geografia da Europa e Ásia

 

 

 

 

62

10

 

 

72

Geografia do Brasil

 

 

 

 

62

10

 

 

72

Geomorfologia

 

 

 

 

62

10

 

 

72

Prática da Pesquisa Geográfica

 

 

 

 

36

36

 

 

72

S
É
R
I
E

Metodologia do Ensino da Geografia

 

 

 

 

 

 

134

10

144

Ciência do Meio Ambiente

 

 

 

 

 

 

62

10

72

Geografia do Brasil

 

 

 

 

 

 

62

10

72

Astronomia

 

 

 

 

 

 

62

10

72

Geografia da África, Oceania e Antartida

 

 

 

 

 

 

62

10

72

Geografia do Paraná

 

 

 

 

 

 

62

10

72

Geografia Política

 

 

 

 

 

 

62

10

72

 

Sub-totais Semanais

16

16

16

16

 

 

*Disciplinas Optativas

57

15

62

10

62

10

 

 

144

 

*Estágio Supervisionado

 

 

 

 

200

 

200

 

400

 

Atividades Complementares

 

 

 

 

 

 

 

 

200

 

Total de Carga Horária do Curso

 

 

 

 

 

 

 

 

3104

 

7. EMENTÁRIO DO CURSO

7.1 PRIMEIRO ANO

CARTOGRAFIA: Conhecer os conceitos e objetivos da Cartografia, a história dos Mapas, escalas e projeções, principais elementos para confecções de mapas gerais, mapas oficiais e profissionais e as técnicas modernas de confecções, leitura, apresentação e  arquivamento de mapas.
EPISTEMOLOGIA DA GEOGRAFIA: Evolução do pensamento geográfico; epistemologia da geografia: objeto de estudo, conceitos e objetivos; geografia clássica e escolas; Geografia contemporânea; Pesquisa-Ensino; Geografia Escolar. Questões epistemológicas; Vertentes geográficas e perspectivas da ciência           Geográfica.
GEOGRAFIA DA POPULAÇÃO: Interpretação dos Fatos Antropogeográficos: Escolas Determinista e Possibilista; Ocupação Improdutiva do Solo; Conquista animal e vegetal. O homem e o meio: Evolução e sobrevivência humana nos diversos meios geográficos; meio social e meio cultural. Demografia: Fatores demográficos do crescimento populacional; necessidade e importância dos Censos Demográficos; Movimentos populacionais, fatores centripetantes e centrifugantes; Explosão ou transição demográfica; Movimentos da humanidade e Migrações para o Brasil.
HIDROGEOGRAFIA: Estudo das águas continentais e oceânicas, através dos seus diferentes cursos, circulação da água subterrânea, características das águas lacustres e estudo dos oceanos.
HISTÓRIA NATURAL DA TERRA: Procurar refletir as formas do saber e do fazer saber pertinentes à construção do conhecimento no entendimento da vida sobre o planeta Terra. Esta disciplina ainda procura orientar o discente quanto à importância do estudo acerca das ciências ambientais que envolvam o homem, para o desenvolvimento social, econômico e cultural de uma sociedade durante sua evolução.
METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE GEOGRAFIA E ESTÁGIO SUPERVISIONADO: Análise dos conteúdos sistematizados ministrado nas Escolas, investigando, articulando conteúdo prático, teórico e científico. Reflexões teóricas a respeito do Ensino da Geografia. Conhecimento das metodologias teóricas - práticas, para o entendimento do Ensino Aprendizagem do ensino da Geografia.
MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA GEOGRÁFICA: O Estudo de Métodos e Pesquisa em Geografia visa a instrumentalização do acadêmico na teoria e prática da pesquisa científica na área geográfica.
PRODUÇÃO TEXTUAL: Noções de língua e linguagem. O processo de comunicação humana e as funções da linguagem. A língua sob a perspectiva social..  Revisão de aspectos gramaticais básicos. Leitura e análise de textos, produção e classificação de diversos gêneros textuais. Reflexão sobre a adequação comunicativa em diferentes situações de interação verbal e escrita.
PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO: Origem da Psicologia. Concepções de desenvolvimento: correntes teóricas e repercussões na escola. Processos básicos do comportamento. Psicologia da Adolescência. Personalidade. Sistemas teóricos de interpretação do processo ensino-aprendizagem. O professor e o processo ensino-aprendizagem.

 

7.2 SEGUNDO ANO

BIOGEOGRAFIA: Estudar os distintos fatores que interferem na distribuição, adaptação, expansão e associação dos seres vivos e fatores ecológicos em suas inter-relações.
CARTOGRAFIA: A disciplina apresenta noções de cartografia temática como: cartografia básica, sensoriamento remoto, aerofotogrametria, leitura e interpretação de gráficos, cores, símbolos, assim como materiais e regras para desenhos, composição e desenhos de mapas, globos, diagramas, cartograma e interpretação dos diversos mapas.
CLIMATOLOGIA: Estudo do ar atmosférico, sua mecânica e movimentos, suas camadas, a água na atmosfera, seus fenômenos e seus diferentes tipos de climas.
DIDÁTICA DA GEOGRAFIA: Análise e reflexão sobre o panorama atual da educação. O planejamento da ação didática para uma prática transformadora baseada na qualidade social. Aspectos filosóficos e sócio-históricos envolvidos no ensino de Geografia.
FUNDAMENTOS DE GEOLOGIA: Procurar refletir as formas do saber e do fazer saber pertinentes à construção do conhecimento na área de Geologia e afins. Esta disciplina ainda procura orientar e mostrar ao discente a importância do estudo das ciências geológicas para o desenvolvimento social, econômico e cultural de uma sociedade durante sua evolução.
GEOGRAFIA DA AMÉRICA: Regionalização do espaço; Aspectos físicos das Américas; População das Américas; Estados Unidos e Canadá;  O México e a América Central; As Guianas; A Região Andina e Países Platinos;  As Associações Americanas.
GEOGRAFIA ECONÔMICA: Desenvolvimento Econômico: exploração dos recursos naturais, humanos e tecnológicos. Mundo desenvolvido e mundo subdesenvolvido. População Ativa e Inativa; Setores de atividades produtivas que envolvem a população. Processo de Desenvolvimento do Capitalismo Comercial, Industrial e Financeiro. Geografia Política e Geopolítica: Princípios; formação e elementos de Estados, territórios e governos. Fronteiras: histórico, tipos, evolução; arbitragem; Uti-possidetis e o Direito Internacional.
GEOGRAFIA URBANA: Definição e evolução do fenômeno urbano. As cidades: os sítios, o crescimento horizontal e vertical, a estrutura urbana, as áreas funcionais, o sistema viário e a circulação. A interdisciplinaridade dos estudos urbanos. Centralidade, hierarquia e redes urbanas. Conjuntos urbanos complexos: áreas metropolitanas e conurbação. Valor e renda da terra. Planejamento urbano, meio ambiente e qualidade de vida no meio urbano. Paisagens, usos do solo e culturas urbanas.
METODOLOGIA DO ENSINO DE GEOGRAFIA: A Geografia Escolar: fundamentação teórico-metodológica; Principais Abordagens Geográficas e suas aplicações no Ensino; Profissionalização do Professor; professor e a qualidade do ensino.  Legislação Educacional – LDBEN 9.394-96;  PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais);  DCE (Diretrizes Curriculares Estaduais) PR e SC.

 

7.3 TERCEIRO ANO

CIÊNCIA DO MEIO AMBIENTE: Proporcionar ao acadêmico o conhecimento das causas e conseqüências das principais questões ambientais locais e globais, estabelecendo uma relação entre a sensibilização ao meio ambiente  e a aquisição de atitudes para participar da resolução de problemas ambientais.
GEOGRAFIA AGRÁRIA: Geografia agrária: características; Agro-indústrias, produção e os desajustes sociais, feiras agro-ecológicas. Agricultura familiar: origens, formas e desenvolvimento no mundo e as peculiaridades do Brasil, produtos coloniais. Geografia do campo: exportação, produtos, biocombustíveis e energia.
GEOGRAFIA DO BRASIL: Contemplar o estudo dos principais aspectos geográficos que se esboçam no território nacional, bem como proporcionar ao acadêmico uma visão geográfica e analítica sobre as desigualdades regionais existentes tanto no meio físico, como  no humano, no interior do país.
GEOGRAFIA DO TURISMO: Aplicação do conhecimento geográfico á atividade do turismo, com destaque para a compreensão das potencialidades do meio físico, bem como dos contextos geohistórico, geoeconômico e populacional na criação de sítios de interesse turístico e na exploração da atividade. Geografia e Turismo fundamentam-se nas paisagens naturais do Brasil, nas condições e sazonalidades climáticas; cobertura vegetal; águas continentais brasileiras, paisagens do Brasil: habitat rural; funções e relações das cidades brasileiras; Amazônia, Nordeste e Centro-Sul, delineando assim a representação cartográfica do turismo.
GEOGRAFIA DA EUROPA E ÁSIA: Estudos dos aspectos físico, humano, político e econômico da Europa e Ásia procurando estabelecer uma visão integradora entre ação humana e os fatores geográficos, analisando as diversidades e antagonismos pertinentes à estas regiões.
GEOMORFOLOGIA: Estudar as formas de relevo terrestre, sua evolução, bem como os processos, sistemas e ciclos que atuaram na sua esculturação.
METODOLOGIA DO ENSINO DA GEOGRAFIA: A prática de Ensino da Geografia estuda toda construção do conhecimento Geográfico até sua forma de aplicação teórica pratica e metodológica. Oportunizando aos estagiários o engajamento em uma proposta pedagógica que envolva o pensar, o elaborar e o agir; desenvolvendo uma prática pedagógica comprometida com o desenvolvimento do aluno enquanto cidadão e agente transformador da sociedade. Analisa e pratica o ensino da geografia nas escolas públicas, ensino Fundamental e Médio.
PRÁTICA DA PESQUISA GEOGRÁFICA – PPG: Prática da Pesquisa Geográfica: conceitos, objetivos; Construção Intelectual do Projeto de Pesquisa; Estrutura do Projeto; Elaboração do Trabalho Final; Apresentação da Pesquisa.

 

7.4 QUARTO ANO

ASTRONOMIA: Tem por finalidade proporcionar ao aluno de geografia uma visão do cosmos, bem como a localização de cada planeta e constelação, sua posição em relação ao espaço sideral, apresentando e discutindo a evolução da origem do Universo. Também procura enfocar mais criteriosamente o planeta Terra e suas mudanças nos cenários físico, químico e biológico, aventando possíveis mudanças a fenômenos astronômicos e siderais, viabilizando ao aluno não somente o entendimento, mas, as assimilações destes fatores mediante aulas praticam e teóricas.
CIÊNCIA DO MEIO AMBIENTE: Identificar, localizar, analisar e interpretar os diferentes processos e sistemas do meio ambiente em uma interação dinâmica e com aulas práticas.
DIDÁTICA E PRATICA DE ENSINO DE GEOGRAFIA / ESTÁGIO SUPERVISIONADO E TRABALHO FINAL DE ESTAGIO SUPERVISIONADO: Orientação para a proposta pedagógica comprometida com o Ensino Crítica enquanto processo e Estágio Supervisionado para estabelecer a relação teórico prática na realidade do ensino, culminando com apresentação de TFES – Trabalho Final de estágio Supervisionado para a Banca Examinadora e por escrito.
GEOGRAFIA DA ÁFRICA, OCEANIA e ANTARTIDA: O estudo da África, Oceania e Regiões Polares, entende os aspectos físicos, humanos, históricos, suas unidades geográficas, divisões políticas, econômicas e as suas evoluções.
GEOGRAFIA DO BRASIL: Estudo das regiões brasileiras abordando sua formação política e situação geográfica, bem como os aspectos físicos, humanos e econômicos de cada região.
GEOGRAFIA POLÍTICA: A produção mundial de bens de consumo. A indústria pesada e demais indústrias que alimentam o comércio, o transporte e a circulação de mercadorias que estão ligadas a lei de mercado.
GEOGRAFIA DO PARANÁ: Estudo das Regiões Paranaenses abordando sua formação política e situação geográfica, bem como os aspectos físicos, humanos e econômicos de cada região.
 

8. DADOS DO COORDENADOR DE CURSO

Professor Ms. Sérgio Roberto Ferreira dos Santos
Contato: paleonoticias@bol.com.br
Link para o lattes: http://lattes.cnpq.br/0542377388398311

 

9. E-MAIL DOS PROFESSORES E HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO ACADÊMICO

         
PROFESSOR/E-MAIL
PROJETO DESENVOLVIDO

 

DIAS E HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Paulo Sergio Meira Rocha
paulomeirarocha@yahoo.com.br
Projeto desenvolvido:
1 - Gestão em Áreas de Risco de Enchentes: Estudo de Caso para União da Vitória - Paraná
2 - Projeto Educacional e Pedagógico Observatório Andrômeda.

Quarta-feira
20h55min às 22h35min
Aos sábados orientação para pesquisa no Laboratório Andrômeda (Pré-Agendado).

Helena Edilamar Ribeiro Buch
helenabuch@bol.com.br
Projeto desenvolvido:
1. Territorialidades e representação social das paisagens ciliares áreas inundáveis - municípios lindeiros ao Médio Iguaçu - União da Vitória e São Mateus.
2. PIBID: Alfabetização ecológica e das letras.

Quinta-feira
19h00min às 20h40min

Gilberto Luís Gonçalves
glgoncalves@hotmail.com
Projeto desenvolvido:
Aprendendo com a natureza.

Sexta-feira
19h00min às 20h40min

Luis Antônio Mello
Melbig2006@yahoo.com.br
A contribuição das imagens para a leitura do espaço geográfico.

Terça-feira
19h00min às 20h40min

Sérgio Roberto Ferreira dos Santos
paleonoticias@bol.com.br
Projeto desenvolvido:
Sedimentogênese e registros sedimentares em cavidades naturais areníticas e suas relações com elementos paleoclimáticos do Quaternário Sul Brasileiro.

Terça-feira
20h55min às 22h35min

Alcimara Föetsch
alcimaraf@yahoo.com.br
Projeto desenvolvido:
Direitos territoriais e identidade étnica: Caracterização sócioespacial das comunidades tradicionais faxinalenses na região sul do Paraná.

Sexta-feira
19h00min às 20h40min

Soeli Regina Lima
Soeli8@yahoo.com.br
Projeto desenvolvido:
Guerra do Contestado: uma leitura na perspectiva fotográfica.

Sexta-feira
21h00min às 22h35min

Marcos Antonio Correia
korreya@uol.com.br
Projeto desenvolvido:
Canto Coral: uma possibilidade cultural na educação integral.

Quinta-feira
19h00min às 20h40min

 

10. ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES

As atividades complementares são necessárias para que haja articulação entre a teoria e a prática, entre a pesquisa básica e a aplicada e para promover a integralização curricular para a aquisição do saber e das habilidades necessárias à formação do acadêmico.

Serão consideradas atividades complementares:

- Cursos em áreas afins realizados na FAFI;
- Programas de Iniciação Científica;
- Eventos científicos na área;
- Semana da Cultura da FAFI;
- Seminários de Educação;
- Coordenação de eventos;
- Publicações;
- Apresentação de trabalhos em eventos;
- Atividades Acadêmicas à Distância;
- Monitorias em eventos (dar preferência para as Práticas de Ensino).

 

 

Praça Coronel Amazonas, S/N - Centro Cx. P. 291 - CEP: 84600-000 - União da Vitória - PR - Fone/Fax: (42) 3521-9100